31 de outubro de 2015

Que pena Seinfeld não ser um árbitro da Liga Nos

George, após temporadas e temporadas "agarrado ao pau", conseguiu, finalmente, encontrar uma namorada e, pasme-se, ficar noivo dela. Aconteceu na sexta ou na sétima temporada. E não era uma noiva qualquer. Não, a noiva de George, Susan, loira e ex-funcionária da NBC era, como dizem os americanos, "a real catch", um verdadeiro achado. Tinha saído, finalmente, o jackpot ao azarado George... Mas quando lhe disseram que podia conhecer a actriz, vencedora de um Oscar, Marisa Tomei, George vacilou.

Marisa Tomei, o ano passado no Jimmy Kimmel Live. Nice milf.


Falo do episódio 14 da sétima temporada de Seinfeld, intitulado "The Cadillac". Uma amiga da Elaine acha piada a George e diz-lhe que a sua amiga Marisa Tomei, a conhecida actriz, "loves quirky, funny bald guys" e que facilmente conseguiria arranjar um encontro entre os dois. George, noivo de Susan, nem quer acreditar e quando conversa com Seinfeld sobre isto, este diz-lhe "Pena estares comprometido". George responde com uma pergunta "E se for beber um café com ela?", ao que Seinfeld responde com "Então e a Susan?". George, irado, pergunta "Não posso beber café com outra pessoa? Não tenho permissão para beber café?!". Seinfeld, calmamente, pergunta-lhe:

"Contarias à Susan?"

George respondeu, obviamente, "Não, necessariamente". Ao que Seinfeld concluiu "Se não podes contar à Susan, é porque algo está errado nisso."


Seinfeld. #vénia




Quando BdC mostrou na TVI24 a caixa "Eusébio" com que o Benfica costuma presentear os árbitros e delegados que visitam a Luz e o Seixal, a primeira reação dos árbitros, oficial ou oficiosamente, foi mais ou menos isto "Sim, ofereceram a caixa mas nós não usámos os vouchers!".

Que pena Seinfeld não ser um árbitro da Liga Nos. Parece que estou a ver o diálogo:

Funcionário do Benfica - "Está aqui uma caixa com uma camisola do Eusébio, convites para o Museu do Benfica e uns vouchers para ir jantar - quando quiser, tem é de fazer reserva primeiro - ao Museu da Cerveja, no Terreiro do Paço."

Seinfeld - "Pena eu ser árbitro de uma Liga profissional de futebol e o senhor ser funcionário de um clube dessa Liga."

Funcionário do Benfica - "Mas não pode ir comer qualquer coisinha e beber uma cerveja?"

Seinfeld - "Então e a Liga?"

Funcionário do Benfica - "Não posso oferecer jantares a quem eu quiser?? Não tenho permissão para oferecer jantares??!

Seinfeld -  " Contaria à Liga que os oferece?"

Funcionário do Benfica - "Não, necessariamente."

Seinfeld - "Se não contaria à Liga, é porque algo está errado nisso."









3 comentários:

Filipe César disse...

Que bela analogia. E logo com a minha série preferida. SL

Anónimo disse...

vitinho pereira
-It`s not a lie...if you believe it.
:)

Lourenço disse...

Eh eh eh

Muito Bom, Capta a Mente ;)