16 de março de 2016

Bola boa ou Bola má?

Quando eu julgava que a mentalidade, para os restantes jogos do campeonato (e épocas vindouras), era uma de "contra tudo e contra todos", de cerrar os dentes e ir à luta, ainda por cima, dois dias depois de ter ouvido Inácio a nomear os "cães de fila" do Benfica na Comunicação Social (após BdC já o ter feito no Facebook), entre eles o nome de Fernando Guerra, director (!) d'A BOLA, eis se não quando, o capitão (!) do Sporting dá uma entrevista "exclusiva" a esse mesmo jornal. Expliquem-me esta esquizofrenia sportinguista. A sério, expliquem-me. Dou ouvidos a BdC e Inácio e não compro A BOLA e o Record enquanto o Guerra e o Farinha lá estiverem?  Vejo o meu capitão no jornal e devo comprá-lo para ler o que tem a dizer? Devo fazer boicote à A BOLA às segundas e terças e comprá-la apenas às quartas? Foda-se...



Bela capa para daqui a 3 meses os lampiões poderem usá-la para gozar connosco

8 comentários:

Carlos Sousa disse...

Tens toda a razão. Mesmo com está capa eu não compro mais a Bola em quanto não mudar de nomes.

Cantinho do Morais disse...

concordo plenamente com o post.
e a juntar a esta capa com o Adrien, coloco esta:

http://jornais.sapo.pt/desporto/4137@2016-02-22

quando a vi disse para mim: "já fomos... é típico Sporting"

de Janeiro até hoje, a história do Sporting é todo um compêndio de "como se perder uma Liga".

Diogo Marques disse...

Foda-se mesmo surreal, mas o que vai nas cabeças das pessoas do nosso clube para deixar isto acontecer?

Anónimo disse...

Realmente não faz sentido qualquer jogador do Sporting dar uma entrevista a esse jornal, e muito menos o capitão de equipa Adrien. Não a vou ler, pois não compro jornais desportivos e o cm há 4 anos. Comigo não ganham nem um cêntimo! Nesse jornal o antigo gr suplente do Benfica: delgado ainda é pior que o f.guerra. SL

Captomente disse...

@cantinho, para mim, começamos a perdê-la (a Liga) desde aquela a ida à Madeira, em dezembro...


SL a todos.

Cantinho do Morais disse...

Captomente,

é verdade, não se admite não trazer um único ponto desse jogo com o União.
Mas voltámos à liderança (grandes vitória sobre o Porto, Setúbal e Braga) e, depois, começámos a estragar tudo...

e estas capas só servirão para nos gozarem.

grandeartistaegoleador / disse...

Captomente, isto não foi uma entrevista exclusiva. Li o Jornal na net e aquilo foram 3 perguntas feitas por telefone ;)
SL

Anónimo disse...

O clube devia instaurar um blackout à Bola, Record e CM (pelo menos a estes) a exemplo do que ordenava PdC nos velhos tempos.

Os jogadores, mesmo sem esse blackout em vigor, deviam ter dois dedos de testa e mais brio e auto-estima para se recusarem a falar à imprensa em entrevistas (mesmo pelo telefone). São os mesmos meios de comunicação que frequentemente os desconsideram dando mais valor e importância aos colegas do outro lado da 2ª circular. Entrevistas deviam limitar-se às obrigatórias nas salas de imprensa e ao jornal do clube.