27 de dezembro de 2016

Há um novo Leão na cidade

Ouvi hoje Pedro Madeira Rodrigues apresentar a sua candidatura à presidência do Sporting, às 19h na TVI e depois, mais tarde, numa entrevista à CMTV e admito, fiquei desiludido. Honestamente, estava à espera de muito mais. Julgava que iria ouvir ser apresentado um projecto minimamente estruturado, especificando algumas "traves-mestra" (desportivas e financeiras) pelas quais o candidato se iria reger, assim que se tornasse presidente do Sporting Clube de Portugal. Atendendo ao currículo profissional de PMR e, particularmente, o seu alegado historial blogueiro, julgava mesmo que ia ouvir muito mais do que meras constatações de diferenças de perfil entre ele próprio e BdC. Às tantas, pareceu que aquilo que o move nesta candidatura é mesmo o anti-BdC, mais do que o pró-Sporting, tal a quantidade de vezes que disse que faria o contrário daquilo que BdC actualmente faz. Pelo meio, mostrou alguma demagogia barata, como quando disse que "Bruno de Carvalho tem sido sinónimo de títulos para o nosso rival", soundbytes que costumamos ouvir vindos de bocas lampiãs... apeteceu imediatamente perguntar "E antes de BdC, costumávamos ganhar títulos, é? O sétimo lugar aconteceu em que época, mesmo?". Muito mau.

Além do evidente anti-BdC, achei o discurso demasiado oco, vazio, cheio de lugares comuns, assustou-me a sua aparente bonomia perante o nosso futebol de competição, a Liga Voucher onde o Sporting participa, a forma como desvalorizou o evidente #NacionalBenfiquismo presente na arbitragem, FPF, LPFP e media. Disse que os "Sportinguistas se queixam muito [dos árbitros]" e que temos é de "trabalhar", blá, blá, blá. Este tipo não deve ver jogos de futebol da nossa Liga e não tem mesmo noção da podridão que é o "Tugão". Se tem noção, está a ser desonesto, com intuito de atingir BdC, e isso demonstra que lhe falta uma das qualidades que definiu como essenciais para um presidente do Sporting: integridade. Um Sportinguista íntegro denuncia, sempre, as merdas que fazem ao Sporting, ainda mais um candidato a presidente.

Creio que, para ganhar as eleições novamente, basta a BdC não fazer nada e esperar (rezar...) que a bola entre. Ele já não consegue conquistar mais apoiantes do aqueles que já conquistou e, a partir daqui, já só pode perdê-los. Se eu fosse BdC, não responderia a PMR e evitaria mesmo participar em debates. Pelo menos, na SIC, CMTV, etc - na Sporting TV talvez seja "obrigatório" (moralmente) participar num debate com o(s) candidato(s).

A última pergunta do tipo da CMTV foi "Se fosse eleito presidente do Sporting, qual seria a primeira coisa que faria? O que acha urgente fazer no primeiro dia?". PMR respondeu dizendo que a primeira coisa que faria seria deixar de ir  para o banco do Sporting durante os jogos. A sério, foi isto que ele respondeu.

Neste momento, só vejo um perfil de pessoa que possa achar, honestamente, que é possível fazer melhor do que BdC: um multimilionário. Mas mesmo que um multimilionário qualquer concorresse para presidente do Sporting, votaria sempre em BdC, mais que não fosse para demonstrar gratidão. Merece um segundo mandato.



Como disse, fiquei desiludido com este candidato e, como se costuma dizer, não há segundas oportunidades para causar boas primeiras impressões...

4 comentários:

Jordão disse...

Posso dizer que o tipo é um capacho dos nossos rivais? Mas com "elevação", claro!

Bruno Ope disse...

Obrigado pelo post e pelas informações sobre as declarações do candidato.
Concordo que estás declarações são muito fraquinha para quem pede elevação e promete fazer melhor. Não sei se o candidato é o tal city lion, mas sinceramente este tipo de declarações é o que esperava desse personagem. Anti BdC antes de apoiantes do Sporting. Apenas com maior "elevação" porque não está escondido atrás do teclado.

Eu voltarei sempre BdC independentemente de quais venham a ser os candidatos. BfC trouxe de volta o Sporting que eu gosto. Um que luta é que interessa. Vivo no estrangeiro e tenho que estar acordado até às tantas para ver os jogos e dei por mim há uns anos atrás a simplesmente desistir é preferir ir dormir a seguir o Sporting. Faço mea culpa disso...
Agora sinto o Sporting e não perco nada do clube. E nem apoiei BdC nas eleições e continuamos a ganhar a mesma coisa, mas todos os sportinguistas sabem o que foi feito neste mandato.

Mike Portugal disse...

O City Lion sempre foi assim enquanto autor do Camarote Leonino. Intelectualmente desonesto nas críticas e vazio de ideias de como resolver os problemas. Nunca votaria nele.

Anónimo disse...

Esperemos que surja outro nome. Tanto o Madeira Rodrigues como o Bruno jamais poderao voltar a colocar o Sporting no caminho do sucesso.