12 de junho de 2018

James Dean

Defender BdC e o seu projecto faz-me lembrar uma aldeia localizada num pequeno vale ameaçado de submersão, devido ao anúncio de construção de uma barragem, projeto liderado por grandes multinacionais, de eletricidade, financeiras e de construção. Todos nós, ou quase todos, nos solidarizamos com aquela luta justa e leal, de uma aldeia que pretende sobreviver às condições impostas pela globalização e que pretende continuar a viver sem se subjugar a nada nem a ninguém, mantendo a sua independência e modo de vida. Da mesma forma que BdC pretendia que o Sporting vivesse sem ter de ceder as percentagens habituais a empresários ou a ter que dar o braço a torcer em reuniões da Liga, FPF ou outras negociações que implicassem exigências e... cedências.

Cedências. É isto que, visto de fora, mais me parece que BdC raramente ou quase nunca esteve disposto a fazer. Chegados a este ponto, com rescisões de jogadores em cima da mesa e com um futuro sombrio à nossa espera, pergunto-me, como foi possível chegar a isto? É evidente que, nesta vida de hoje, embrenhada em capitalismo, é impossível viver-se sem ter de se dar algo em troca. Ou corremos o risco de vermos a nossa casa submersa pelas águas retidas pela nova barragem sem ter uma casa alternativa para dormir ou dinheiro para construir outra. Esta luta de ideais que BdC iniciou contra empresários, clubes rivais, jornalistas ou arbitragem, é muito bonito até ao momento em que constatas que não tens casa para dormir, isto é, jogadores para construir uma equipa. Ao final do dia, custa admiti-lo, BdC foi derrotado (pelas evidências). Haveria muito para dissecar sobre as culpas dos outros, o papel dos media mas seria chover no molhado, pois há muito que eu sei - e BdC, mais do que ninguém, também o deveria saber! - que todos querem e gostam de ver o Sporting no chão, na lama. É por isso que me custa perceber como foi possível termos chegado a este ponto. Precisamente, por o Sporting ser o clube mais escrutinado e visado pelos media e rivais, que BdC tinha a obrigação de evitar qualquer deslize que pudesse ser aproveitado, à primeira oportunidade, para o derrubar. Empresários, rivais, jornalistas, comentadores, dirigentes, políticos, todos! Todos! Todos aproveitaram esta "tempestade perfeita". Tendo em conta os precedentes e generalizada antipatia granjeada nos primeiros anos de mandato, BdC tinha de ter percorrido os corredores desta época em bicos de pés, como se o chão fosse feito de cascas de ovo e com cuidado para não partir nenhum. Ao invés, o que tivemos foi um elefante chamado BdC a correr desenfreado numa loja de porcelana. Posts Facebook, declarações estapafúrdias, omissões, passividade, tudo aquilo que BdC (e o Sporting) não se podia dar ao luxo de fazer, fê-lo.

Muitas vezes me lembrei, nesta época, de uma cena que LFV disse num programa do Herman José, na SIC, creio que em 2005, após ter sido campeão. Às tantas, LFV confidencia que, numa operação Stop da polícia, temeu que o tivesse tramado, que tivessem colocado droga no carro e que levasse a polícia a prendê-lo e que, desde aí, tem estado sempre atento a este tipo de situações. A ideia com que fico de BdC e o seu mandato é que, à medida que os anos se passaram, mais desleixado BdC se tornou, o que é péssimo, para não dizer "suicida". BdC tinha de estar à espera de "armadilhas" todos os dias, a partir do momento em que acordasse até ao momento em que se deitasse na cama.

Para piorar, ainda mais, a situação, lembrar que estávamos a disputar uma época em que o Benfica, por força da falta de investimento financeiro na equipa (em janeiro, não fizeram uma única contratação) e do impacto que o caso dos "emails" estava a ter, estava mais enfraquecido como há muito não estava, desde que LFV se tornou presidente dos lampiões. É completamente absurdo como conseguimos ocupar o pódio mediático e ofuscar completamente o Benfica e a sucessão de casos que têm sofrido (Lex, toupeira, mails, saco azul, corrupção jogadores). Absurdo!! E numa época espetacular a nível de modalidades, onde fomos campeões em andebol, hóquei e voleibol!!! De 170 mil sócios, da melhor época de assistências em Alvalade... Meu Deus. Se isto não é um fracasso...


Se isto fosse um jogo de futebol, diria que estamos a perder 4-0, aos 80m de jogo e a jogar com menos 4 jogadores. Mais um jogador expulso e acaba-se o jogo. Seria preciso um milagre daqueles, como eu nunca vi antes no futebol, para que BdC conseguisse aguentar-se e ganhar o jogo 5-4 (ou, pelo menos, empatar) nos últimos 10m de jogo. Impossível.


E é com este sentimento de impotência e tristeza, por mim, pelos meus, por BdC, pelos Sportinguistas e até pelos tipos da Juve Leo que decidiram ir bater nos jogadores à Academia (é preciso estar a sentir muita angústia para decidir participar num acto daqueles e isso, sentir que tamanha angústia desceu à 'psique' dos adeptos, entristece-me), que digo que estou farto do futebol português e, por inerência, do Sporting. Esta "derrota" vai-me abalar muito mais do que os 6-3 de 1994 (era puto, chorei nesse dia, única vez que chorei por causa de um jogo de futebol) ou os 12-1 do Bayern. Isto é outra coisa, mais traumatizante.

A derrota de BdC será a derrota de um ideal, de um Sporting rejuvenescido, que tinha quase morrido em 2013 e que renasceu por si só, apenas com a ajuda dos Sportinguistas, e que se despistou e espetou de forma espetacular contra um poste em 2018, qual James Dean. Surreal.




14 comentários:

Francis disse...

Perfeito !

Anónimo disse...

cabe na cabeça de alguém que o clube que tem a maior formação no mundial 2018 ficar de mãos a abanar com a saída de 4 jogadores da formação só porque um bando de rufias (que a direcção é alheia) fez aquilo? o SCP tem um longo historial de formação de bolas de ouro. acham que a fifa vai permitir que o clube não seja indemnizado? pensem bem

assédio a jogadores do scp ? jamais...dizem

quem está por trás disto?
quem tira proveito disto?

Ricardo disse...

Agora é que é a hora H. Agora é que nós, enquanto Sportinguistas, temos que mostrar de que somos feitos. Sobretudo, isto: de que lado da barricada estamos nós?
De uma vez por todas: isto não é tempo para meias-tintas! Ou estamos com o Sporting ou estamos contra ele. Cabe a cada um decidir se o Amor é assim tão forte ou não.

Carlos Sousa disse...

Concordo plenamente. Agora é que o Sporting necessita mais do que nunca de nós todos.

Anónimo disse...

Não perceber a verdadeira natureza de BdC, o único responsável pelo que se passa, é um caso de cegueira irremediável.

Anónimo disse...

Vergonha também é o Bruno ainda não ter acabado de vez com a Juve Leo! É um escândalo! Tem medo de quê? Tem medo de quem? Porquê? Eu nem quero imaginar...

Anónimo disse...

E agota mais uma a ajudar à festa. A confirmação pela justiça de tudo o que toda a gente sabia.

http://www.maisfutebol.iol.pt/sporting/barreiro/alcochete-juiz-diz-que-bruno-de-carvalho-potenciou-clima-de-animosidade?utm_campaign=auto-tw&utm_source=twitter&utm_medium=social

Anónimo disse...

Quem está por trás disto? Quem manda... a Juventude Leonina! Terroristas! Criminosos! Deram cabo de tudo! E Bruno de Carvalho diz que é chato! Ninguém viu o Bruno a instaurar processo disciplinar à juve leo! Acabem com essa merda de claque! São uns bandidos! Envergonham os sócios!
Porque tem medo da claque Bruno de Carvalho???

Tiago disse...

Concordo contigo, isto acaba por se resumir a incompetência de BdC.
Incompetência na escolha das guerras e dos inimigos. Incompetência na gestão dum balneário de futebol profissional. Incompetência na antecipação e prevenção de armadilhas externas e internas. Incompetência.

Anónimo disse...

Mas alguém tem dúvidas que os jogadores têm justa causa para rescindir
os contrato? Só porque o BdC disse que eles não têm razão? Como foi
com a Doyen?
Claro que os jogadores têm razão!!! E vamos pagar indemnizações a
jogadores do Benfica!!! Gelson e Bruno Fernandes!
É uma vergonha o que está a acontecer e BdC nunca se colocou ao lado
dos jogadores, com o silêncio e o “é chato” e “o crime faz parte do
dia a dia” e “esta tudo bem, amanhã será um novo dia” apenas veio
dizer que afinal o ataque à Academia não tem importância nenhuma!
Se BdC falasse sobre a claque criminosa que atacou a Academia, se
extinguisser a claque e se estivesse sempre do lado da equipa de
erteza que não haveria rescisões!
BdC é o grande culpado por tudo o que de mau está a acontecer!
Ele é um arrogante e um ditador que não ouve ninguém!
Só ataque os sócios que o incomodam!
Ameaça sócios com processos disciplinares por escreverem nas redes sociais!
Bruno é um louco!

SF disse...

Eu tenho fé que SCP vai renascer das cinsas com BdC e triunfar. Tal como futebol feminino e andebol surgiram de nada e ganharam, acredito que havemos de formar um plantel com jogadores que estarão dispostos a dar tudo pelo clube.

ARESTA disse...

O trabalho espetacular que foi feito este ano nas modalidades e que tanto nos voltou a alimentar a alma Sportinguista, não pode ficar por aqui. Entendo a frustração de BdC ao ver o espírito de luta desses Leões e depois ter de aceitar as merdas do costume das princesas do futebol. Saiam todos e nunca mais pensem em vestir aquela camisola, porque é isso que está em causa, aquela camisola. Formação ou não, pouco importa se não sabem o respeito que devem aquela camisola e aos milhões que ao longo de 112 anos tudo fizeram e continuam a fazer para que ela chegue à meta em primeiro.
Se para continuar este trabalho o preço é perder os milhões que estes parvalhões valem, que assim seja. Não quero jogar à italiana, quero jogar à SPORTING, mesmo que seja com putos que valem tostões.
Merda para os Sobrinhos, padrinhos e os gangsters nossos vizinhos. A camisola tem de chegar em primeiro, mas por força dos conceitos e valores que os nossos avós e pais Leões nos transmitiram.

Unidos pelo SPORTING.

Anónimo disse...

Excelente texto. Estou totalmente de acordo. Apenas algumas notas: quase toda a gente sabia e sabe que a rescisão não tem a ver com BdC sair ou não. Isso é conversa de pasquinada e para tótós. Aliás os jogadores nunca afirmaram tal. Os jogadores, não me parece terem qualquer razão para rescindir invocando justa causa. Seria o fim do mundo nas relações laborais. Ou então, para os clubes não terem problemas (não são os clubes..É o Sporting) tinha que fazer a Academia nos terrenos e dentro do perímetro do Regimento de Comandos, com blindados e tudo...Qualquer dia em que um esquentador estivesse avariado e não houvesse água quente, qualquer jogador ao tomar banho de água fria, a seguir diria que a constipação que apanhou foi devido a negligencia do clube e após ter tomado o duche de água fria tremeu, sentiu-se mal, ficou em choque. Como tal vai pedir a rescisão invocando justa causa...(a pasquinada escreve e diz que rescindiram com justa causa...). Só há um clube em Portugal para o qual podem ir e com altíssima probabilidade ser-lhes dada razão. Todos sabemos qual é a agremiação!...
É obrigação e dever de todo o Sportinguista defender os interesses do clube (e os jogadores são património do clube) seja este ou outro presidente. O Sporting somos nós. Defendam os interesses do clube. Uma última nota, nunca vi, li ou ouvi que o Sporting tenha perdido com alguém (no futebol) por 12-1.
Saudações Leoninas

Pinilla disse...

É isto. E no fim fica ainda esta angústia que não passa.