20 de agosto de 2014

Já não temos "azar"!

Foi no O Artista do Dia que li, há um ou dois meses, creio, alguém a mencionar nos comentários uma interessante contabilização relacionada com o Sporting. Infelizmente, não anotei o post onde esse comentário foi colocado, de modo a poder dar o devido crédito a quem reparou nisto primeiro. De qualquer forma, fica aqui registado a "origem" de este post que escrevo agora.

Nani no Sporting é uma grande, grande notícia e seria-o sempre, fosse qual fosse o presidente a concretizar tal façanha, fosse qual fosse o treinador que terá o privilégio de o treinar e fosse qual fosse a época em que tal acontecesse. Calhou nesta, com Bruno de Carvalho a presidir o clube e Marco Silva a treinar a equipa. Perfeito. Mais perfeito ainda, só os tais 9 milhões de euros que vão direitinho para a Missão Pavilhão.

Depois do banho público de confiança e Sportinguismo que recebemos ontem, é tempo de voltar à terra, isto é, à Liga "Mickey Mouse" Tuga. Ora, por muito bem que o Nani esteja, jogar nos verdadeiros campos de golfe que são os relvados ingleses não tem comparação com o que se vai passar por cá na Tugolândia. É aqui que entra a interessante contabilização que o leitor do O Artista do Dia fez sobre o Sporting e o imenso "azar" que temos.


O Desportivo de Chaves é um clube de futebol sediado na cidade de Chaves, claro está, bem no meio da região de Trás-os-Montes, conhecida pela sua beleza natural e clima de contrastes, muito frio no inverno e quente no verão. O Desportivo de Chaves subiu, pela primeira vez, à Primeira Liga, na época de 1985/86. E por lá ficou até à época de 1998/1999, com uma descida à Segunda Liga pelo meio, contabilizando assim 13 épocas no primeiro escalão.

Nessas 13 épocas em que esteve na Primeira Liga, o Chaves recebeu no seu estádio as outras equipas do campeonato, incluindo, obviamente, as equipas dos 3 "grandes", Sporting, Porto e Benfica.

A contabilização, muito simples, que o tal leitor do O Artista do Dia fez, e que eu fui confirmar, é esta:

Nas 13 épocas do Desportivo de Chaves na Primeira Liga, eis os meses em que recebeu no seu estádio, os 3 "grandes":

Sporting                                               Benfica                                   Porto

janeiro                                                  novembro                               fevereiro        
janeiro                                                  outubro                                  janeiro
janeiro                                                  outubro                                  abril
janeiro                                                  abril                                       dezembro
outubro                                                 novembro                              setembro
novembro                                             abril                                       abril
maio                                                     abril                                       setembro
novembro                                             maio                                      maio
janeiro                                                  março                                    outubro
janeiro                                                  outubro                                 janeiro
dezembro                                             março                                    fevereiro
janeiro                                                  novembro                              dezembro
janeiro                                                  dezembro                              maio



Portanto, em 13 épocas, o Sporting teve o "azar" desgraçado de ir jogar aos Trás-os-Montes 8 vezes(!) no mês de janeiro, o mês mais frio do clima português. E quando não jogou em janeiro, jogou 2 vezes em Novembro e outra em Dezembro. Nem vou comparar a "sorte" que os outros "grandes" tiveram no sorteio da Liga "Mickey Mouse" Tuga nem sequer fazer a contagem dos pontos angariados nessas idas a Chaves (uma miséria). Quero apenas constatar que o "azar" que tivemos nesses anos e que parece que continuou a amaldiçoar-nos. É que, depois do Chaves, eis o Arouca.


O Arouca subiu à Primeira Liga na época passada pela primeira vez na sua história e ficou logo definido no "sorteio" que se deslocaria a Alvalade na primeira jornada e, consequentemente, receberia o Sporting na segunda volta no mês de... isso, adivinharam, janeiro! Lembram-se?


Nem sei como conseguimos ganhar este jogo!


Ah, se tivéssemos um bocadinho de "sorte" e só jogássemos com o Arouca nas jornadas finais do campeonato, poderíamos até ter ido jogar ao estádio de Aveiro e evitado o "batatal" do relvado Municipal do Arouca!...

(A propósito, parece que o diferendo entre a Câmara local e o Arouca já está resolvido, pois o Arouca 1-1 Estoril da primeira jornada desta época jogou-se no Municipal de Arouca, sem quaisquer problemas. Isto é a Liga "Mickey Mouse" Tuga no seu esplendor!)



Mas o "azar" parece está a deixar-nos! Parece mentira mas é mesmo verdade! O "sorteio" desta época estipulou que o Sporting receberá o Arouca na 2ª jornada e que se deslocará ao clube do norte apenas no próximo dia 1 de... Fevereiro!

Uff! Já não é em janeiro! Weeeeeee! Que sorte! :D





6 comentários:

Mestre de Cerimónias disse...

Este ano são tantas as equipas do norte, que até mesmo o Porto e o Benfica terão que fazer jogos em batatais - a não ser que os conflitos entre clubes e câmaras municipais disparem... :)

É claro que se estiver a chover muito pode sempre haver um Proença que deixa cair a bola na vertical para ver se a bola desliza, como no Setúbal - Porto há uns tempo.

Em relação ao comentário a que te referes, foi escrito pelo Peyroteo, num post que escrevi sobre o sorteio da liga.

Um abraço.

antonio pereira disse...

Só faltou mencionar o jogo onde o SCP estava a perder, empatou e advinhava-se o golo da vitoria a qq momento quando faltou a luz do estadio que já nao voltou. Solução da fpf para o imbroglio: o SCP voltou a Chaves 1 ou 2 dias (já não me lembro) depois para jogar os 10 min que faltavam para terminar o jogo.

Captomente disse...

@Mestre Pois, admito que sim, não verifiquei isso, mas também creio que há-de acontecer qualquer "imprevisto" que impedirá os outros 2 grandes de jogarem em "batatais" pois, como todos sabemos, são ambos clubes com "sorte"... ;)

Ah, muito bem, tentei googlar mas não consegui encontrar. Tks.

@antonio Sim, tenho uma vaga ideia disso, sim. É mais um daqueles "azares" que só acontecem ao Sporting. :P

SL

Mike Portugal disse...

antonio pereira,

Não foram 10m, foram 2m e acabamos por não conseguir ganhar, apesar duma jogada estudada e terminada pelo Sá Pinto. Curiosamente foi esse jogo que nos tirou da luta pelo título nessa época.

Curiosidades !!!

Cantinho do Morais disse...

António Pereira,

Como diz o Mike, foram 2 minutos.

Mas estamos todos a esquecer algo que importa referir para se ver o "azar" que este post fala e que só acontece ao Sporting:
- viagem a meio da semana;
- viagem de 900km (ir e voltar);
- Sporting teve de jogar com jogadores lesionados que não podiam ser substituidos pois constavam na ficha de jogo (Skuhravi - embora este esteve sempre que cá esteve);
- antes da luz apagar o Sporting tinha empatado e o Skuharvi tinha enviado uma bola à barra - logo havia ascendente sobre o Chaves;
- 3 dias depois desse jogo, o Sporting recebia o FC Porto!!
- Sporting perde com o Porto;
- mais um ano sem título;

É só "azar".

Cantinho do Morais disse...

Outro "azar" que me esqueci:
- o árbitro era de Setúbal (Juvenal Silvestre), essa grande terra que dá grandes árbitros amigos do Sporting (João Ferreira; António Costa; Lucílio Baptista, entre outros ilustres).

está aqui o filme:

https://www.youtube.com/watch?v=cTDnesBQT-U

e reparem na 1ª pergunta que o jornaleiro do norte faz ao adjunto do Chaves, quando acaba o jogo (minuto 7.45):

"Frederico, correu tudo como estavam à espera?"

Futebol português é isto.