4 de fevereiro de 2018

3

Não foi apenas os 3 pontos que perdemos hoje, temo que tenha sido bem mais que isso. Para já, foram os 3 pontos e daqui a uns 3 meses, se isto correr como vislumbro, vamos perder 3 anos, os 3 anos de JJ. Só alguém muito optimista poderá acreditar que esta equipa sem extremos, sem avançados dignos desse nome (não me refiro a Dost), sem meio campo, sem pujança, conseguirá fazer mais pontos do que Benfica ou Porto no que resta deste campeonato. JJ vai sair, seja no final da época ou no início da próxima, ao primeiro lenço branco mostrado em Alvalade. E com ele, cairá o "projecto" que assentava em (tentar) trazer jogadores tarimbados, experientes e, logicamente, mais caros e que vinham com o propósito de produzir sucesso imediatamente. Vamos voltar a poupar, a apostar nos jogadores da formação (e aquilo que se vê na equipa B e júniores não augura nada de bom...) e reduzir as expetativas. Os 18 anos estão aí à porta para serem batidos.





E digo isto sem saber como vai acabar esta história completamente absurda, qual sketch de Monty Python, de se marcar uma AG a meio do campeonato e que terminou com contornos suicidas.

Se BdC sair, como ameaçou, então aí o "projecto" terminará ainda antes da final da época. Se BdC continuar, com um Benfica apertado pela justiça e penta-campeão ou com um Porto-ex-aliado que, mais uma vez passou a perna ao Sporting, a pressão irá crescer de uma forma alucinante e agoniante a cada dia que passa sem títulos. A vontade de ver sangue e de revolução começará a vir ao de cima dos Sportinguistas, como é normal nestas situações, e surgirá um oponente a BdC, a acenar com cheques numa mão e uma vassoura na outra (onde é que eu já vi isto?). Aos que me acusam de ser pessimista e de não "acreditar", digo que pensem no que aconteceu no Sporting nestes últimos 20 anos e digam-me se isto é assim tão improvável.

Como já fechou o mercado de inverno e não vai haver mais hipóteses de remediar a coisa num nível mais "terreno", então digo que isto só lá vai se houver um milagre. Rezem muito.

5 comentários:

Tiago disse...

Este mercado de inverno foi surreal.
Chega um brinca na areia trintão e lento que nem um caracol (óptimo para equipas para quem levar 5-1 na luz é apenas um dia normal, mas naturalmente curto para equipas a sério) que pega logo de estaca mas que até agora só fez meia-hora de jeito (logo a primeira em que participou).
Repesca-se um avançado que fugiu em Janeiro de 2016 (deixando nessa altura a equipa sem plano B de ataque num campeonato essencial para o clube).
Deixa-se ficar por cá uma coisa que se diz que é jogador de futebol mas que não sabe chutar uma bola e nem percebe a lei do fora-de-jogo. Mas com a quantidade de vezes que cospe, deve ser útil para regar o relvado.
Com o extremo direito e o seu suplente natural lesionados, dispensa-se o outro pretendente ao lugar e não se vai buscar mais ninguém.
Dispensa-se o 4º central e não se vai buscar mais ninguém (vamos ver até onde aguenta o Mathieu a jogar de 3 em 3 dias).

Para coroar esta maravilha, o presidente decide marcar uma AG, que ele sabia muito bem que seria polémica, para uma altura crucial da época. Ainda por cima uma AG com o prósito absurdo de querer alterar estatutos a 3 anos do fim do mandato.

Luis Rua disse...

se este post fosse feito há uns anos eu compreendia, pois é esta a postura de descrédito que temos tido e não nos leva a lado nenhum senão o caminho das derrotas.
só quem aponta o dedo a tudo e todos nas derrotas é que não percebe que foi um dia não, e isso todos temos na nossa vida profissional.
tudo correu mal e tal como JJ disse não estavam à espera de factores externos condicionates, e não foi a arbitragem que acho que esteve muito bem e a roçar a perfeição. As lesões, o vento, as bolas paradas, o tufo de relva, tudo isto condicionou a nossa abordagem e o Estoril jogou bem e mereceu tal sorte.
não podemos meter em causa o projecto com uma derrota, o mesmo projecto que há uma semana era o mais acertado!
nota de destaque para o VAR que mostrou que funciona para ambos os lados e não deixou influenciar a verdade do resultado!

Jordão disse...

Eu não diria melhor do que o Tiago. Temos de ser nós a puxar pelo Sporting, a dar um abanão naqueles alienados que para ali andam, de uma maneira ou de outra. Esta merda não pode ir abaixo. Façam das tripas coração, porque QUEREMOS O SPORTING CAMPEÃO!!!!

Captomente disse...

Não retiro nada do que escrevi ontem. Está dito, está dito. E, passadas algumas horas, ainda é o que sinto. Temos um plantel mal estruturado, calendário demasiado apertado e julgo que o Benfica ainda é o favorito a vencer a Liga, logo de seguida pelo Porto. Qual é o problema em pensar isto? É o que o cérebro me diz. A Juventus não perde 5 pontos contra o Crotone e o Sassuolo.

Obrigado a todos pelos comentários,

SL

Billy Jigsaw disse...

Com a agravante que agora juntamos uma "crise directiva" a uma "crise de resultados" pronta a ser dissecada pela nossa comunicação social.