15 de março de 2014

Prestem atenção, só vou dizer isto uma vez.


Gostava que tivesse havido um episódio sobre um jogo de futebol entre a equipa do René contra os alemães.


Quando era puto via o 'Allo 'Allo!, a farsa britânica passada durante a Segunda Guerra Mundial, e achava muita piada aquilo (até porque não havia mais nada na televisão) e lembro-me que a maior parte dos episódios começavam e terminavam quase sempre da mesma maneira: com os franceses (e alguns ingleses) a tentar enganar os alemães (às vezes, o contrário) e no final os franceses a fugir dos alemães.

Mas quando um gajo vê o 'Allo 'Allo! já na idade adulta, subitamente, apercebemos-nos de um porradão de coisas que nunca sequer imaginávamos quando éramos putos. As piadas sobre "salsichas" e "meloas", o aipo molhado, a paneleirice do Grubber, a relação sado-maso entre o Herr Flick da Gestapo, e a Helga, a lesbianice sugerida no seio (ahah) da Resistência Francesa liderada por Michelle, enfim, todo um "sexual innuendo" que transborda écran fora e que a inocência de criança não deixava perceber.

Para mim, o 'Allo 'Allo! era algo escondido no cantinho das  memórias e que já fazia parte da "mobília" como fazem parte, por exemplo, os Simpsons ou Family Guy. Contudo, nesta semana vi o último episódio do 'Allo 'Allo! pela primeira vez. Saquei Comprei no ThePirateBay a última temporada e vi-a nesta semana enquanto esperava que o sono aparecesse.  E, após muitas voltas e reviravoltas em torno de salsichas, mamas, queijo e dinamite, dei por mim a pensar que tinha acontecido aquilo que, enquanto era puto não julgava possível: o 'Allo 'Allo! tinha chegado ao fim. O último episódio chegou, concretizando tudo aquilo que se almejava alcançar em cada episódio: René fugiu (e casou) com a Yvette, Gruber continuou dentro do "armário", os pilotos ingleses voltaram para casa e os franceses livraram-se dos alemães. E qual foi o evento que tornou tudo isto possível e que, ao fim ao cabo, ditou o "fim" da série?

A invasão aliada do dia D, ora pois.




O David Croft, um dos autores de 'Allo 'Allo! viveu os seus últimos anos no Algarve. Aposto que achou piada a isto.



O futebol português é uma farsa* com personagens e situações, tão ou mais, rocambolescas como os de 'Allo 'Allo!  A diferença entre ambos é que, se o drama de 'Allo 'Allo! era baseada na realidade e a comédia na farsa, já no futebol português acontece o inverso: o drama é baseado na farsa e a comédia na realidade.

Quando somos putos, não conhecemos nem sequer imaginamos que muito do "guião" do futebol português passa por "personagens" tão estranhos a um campo de futebol como são o Conselho de Arbitragem, SADs, "fruta", LFPF, Olivedesportos, "cafézinho", BES ou Doyen Group.

Todas as épocas, temos as mesmas personagens a protagonizar os mesmos papéis. Os portistas, os tripeiros, os benfiquistas, os Sportinguistas, os árbitros, os homens do dinheiro e no final, a cena é quase sempre a mesma: os árbitros a fugirem de alguém que não os Sportinguistas.
                                   
Mas tudo há-de ter um fim, até mesmo o futebol português, tal como teve a sitcom britânica. Como dizem os alemães: "Alles hat ein Ende, nur die Wurst hat zwei", que é como quem diz: "Tudo tem um princípio e fim, excepto a salsicha que tem os dois".

O "Dia D" do futebol português, na minha opinião (e quando digo "na minha opinião", não digo que seja aquilo que preferiria que acontecesse mas aquilo que eu acho que tem de acontecer para que o paradigma do futebol português se altere) aconteceria no dia em que Sporting e Benfica criassem, directa ou indirectamente, um canal desportivo "pago", com um nome suficientemente abrangente a ambos os clubes e restantes adeptos (Golo TV?) e que contivesse os direitos de transmissão televisiva de ambos os clubes. Uma direção de informação e de conteúdos bicéfala, com metade de profissionais ligados ao Sporting e a outra metade ao Benfica. Tudo escrupulosamente dividido ao meio. Ambos os clubes manteriam os respectivos canais de clube, em sinal aberto, dedicados às transmissões dos jogos das camadas jovens, modalidades, etc, mas acrescentariam um canal premium onde seriam transmitidos os seus jogos em casa, outras ligas (Premier League, etc) e outros desportos (futsal). Em suma, uma Sporttv alternativa.


Só nesse dia assistiríamos, definitivamente, ao último episódio da série sobre o futebol português chamada "Alô, alô? A fruta é p'ra hoje?"




*A farsa é uma comédia que tem o objectivo de entreter a audiência através de situações demasiadamente exageradas, extravagantes, e portanto, improváveis. Nas farsas, é normal ser difícil acompanhar o enredo (devido aos inúmeros "twists" e eventos que acontecem ao acaso), mas os espectadores são encorajados a não tentar seguir o enredo/trama para desse modo evitarem ficarem distraídos e confundidos. A farsa também é caracterizada pelo humor físico, pelo uso deliberado do absurdo ou surreal.

http://en.wikipedia.org/wiki/Farce

3 comentários:

Germano Bettencourt disse...

Não acredito que isso vá acontecer por 2 motivos. O Benfica já tem o deu canal e está a funcionar muito bem até aqui. Não acredito que quisessem dar um passo atrás para incluir o rival na jogada.

O segundo motivo é para mim muito mais preocupante. A Olivedesporos já começou a mexer as suas peças no tabuleiro de xadrez que é, mas não deveria ser, o futebol português. Daqui a dias vão tomar de assalto a Liga de clubes, lá colocar um testa de ferro de confiança, e de seguida mudar as regras do jogo. A Centralização dos direitos televisivos deve estar para chegar, não com o objectivo com o qual "comprarão" os clubes, ou seja, conseguir vender um pacote que beneficie mais os pequenos, mas sim com o objectivo de tirar o tapete ao Benfica, e a quem tenha a ideia de seguir o nosso exemplo, continuando desta forma a controlar o futebol português.

Não tenho dados para apoiar a minha tese, mas algo me diz que não andará muito longe disto.

RP disse...

Já me tinha passado algo parecido pela cabeça.Mas penso que é difícil acontecer. Mas que o "sistema" tremia, ai isso tremia.

Captomente disse...

@Germano

Eu também não acredito que isto aconteça nem creio que o Benfica, a meio da empreitada "Benfica TV" abdicasse do seu actual estatuto de líder em prol de um futebol mais claro e mais limpo, juntando-se ao Sporting. Agora, considero que tal medida seria A medida que aniquilaria completamente a Olivedesportos e, por consequência, o "sistema" a norte.

Também acho que a luta da tríade Olivedesportos/Porto/clubes-satélite passa por colocar uma marioneta à frente da Liga. Fala-se no actual presidente do Vitória de Guimarães...

Há decisões que estão para sair da Autoridade da Concorrência e acho que de mais outras instituições, envolvendo a PT, Sporttv, Olivedesportos, etc, etc, que irão definir o futuro do "sistema". Aguardemos.

@RP Yep, vai ser muito difícil tal acontecer, senão mesmo impossível. Só se for "bem feito" e às escondidas de todos, se é que me faço entender.

SL